Quarta-feira, 20 de Junho de 2007
Nunca devemos julgar

“Nunca devemos julgar as pessoas que amamos.

O amor que não é cego, não é amor.”

(Honore de Balzac)



publicado por FELINO às 10:21
link do post | favorito

De Angel a 23 de Junho de 2007 às 00:28
Ora permite-me discordar. Eu não acho que o amor é cego e muito menos que amar é não julgar.
Penso que amar é julgar e aceitar o resultado desse julgamento. O que é cego é a paixão que temos pelo outro, que não é necessariamente amor. Passada essa paixão fulminante não há quem não veja defeitos no outro, e é aí que entra o amor, ou seja, sabendo que a pessoa tem defeitos, mas mesmo assim querer partilhar a vida com ela, aceitando o bom e o mau, o que implica sempre um julgamento. Aliás, não acredito que haja um ser humano que não faça julgamentos sobre o que o rodeia, faz parte de nós, da nossa natureza avaliar o mundo em redor.
Mas é um bom pensamento ;)


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
16
18

20
22
24
26

27
28
29
30
31


links
pesquisar
 
posts recentes

De Partida ...

A paixão e o amor

Quando alguém está apaixo...

É completamente estúpido ...

Não se ama

arquivos

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds