Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2007
Bosque
Fui para os bosques para viver livremente, para sugar o tutano da vida, para aniquilar tudo o que não era vida, e para, quando morrer, não descobrir que não vivi (O Clube dos Poetas Mortos)


publicado por FELINO às 09:19
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito

Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2007
Vértice
Basta perceber que todos nós estamos aqui por uma razão, e basta comprometermo-nos com ela. Assim, podemo-nos rir dos nossos grandes ou pequenos sofrimentos, e caminhar sem medo, conscientes de que cada passo tem um sentido. Podemos deixar-nos guiar pela Luz que emana do Vértice. O que é o Vértice? Em matemática é o ponto superior de um triângulo. Na vida também é o ponto aqueles que erram como toda gente, é que, mesmo nos momentos mais difíceis, não perdem de vista uma Luz que emana do seu coração. (Paulo Coelho) A Bruxa de Portobello


publicado por FELINO às 09:09
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2007
Devaneios
Por vezes, existem certos devaneios da vida que não se podem conter, são sentimentos ocultos que empurram para os estados mais alheios de qualquer personalidade. Surgem espaços de tristeza e euforia, sensações de revolta, que uns escondem em recalcamentos contidos, e outros, explodem em idilios e desesperos, mas, há quem os saiba abandonar nas mais puras manifestações de arte


publicado por FELINO às 09:53
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Segunda-feira, 15 de Janeiro de 2007
Os Amantes
Li numa revista da Notícias Sábado um artigo da Cidália Dias sobre os amantes muito porreiro. Aqui vai alguns excertos: "Este fim-de-semana ouvi uma amiga dizer, se não fosse compremetida, preferia ter um amante. Só tráz vantagens! Não ter de discutir por causa da porta do frigorífico que ficou aberta ou da roupa que estava a secar e ninguém a apanhou, é óptimo. o amante vem para nos saciar o sexo libertador. O amante não precisa de ser partilhado com a família, nunca vai receber os pijamas e as meias no Natal, não precisa de estar a horas à mesa com ar limpo, e nunca há-de levar com a perguntinha da praxe: "Então e quando é que nos dá um netinho?" O amante de tudo isto será poupado porque simplesmente não existe. Quando os Tios e vizinhos perguntarem pelo homem da Cidália, os meus pais poderão dizer que não tenho tempo "nem para me coçar", ela agora está muito bem sozinha. E de facto, nesse futuro sonhado estarei muito bem sozinha, excepto nos dias em que mando vir o amante" Realmente ela tem razão, acho que é isto mesmo. Não acham isso comentem.


publicado por FELINO às 09:47
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

mais sobre mim
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
16
18

20
22
24
26

27
28
29
30
31


links
pesquisar
 
posts recentes

De Partida ...

A paixão e o amor

Quando alguém está apaixo...

É completamente estúpido ...

Não se ama

arquivos

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds