Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008
No nosso planeta
No nosso planeta só podemos amar sofrendo e através da dor. Não sabemos amar de outro modo nem conhecemos outro tipo de amor
Fiodor Dostoievski

tags:

publicado por FELINO às 01:11
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De FELINO a 10 de Janeiro de 2008 às 09:16
Olá Molas!
Estou um pouco triste com a perda do teu blog e desde já te convido para fazeres um aqui no sapo, vá lá estou-te a pedir, fazes-me falta com as tuas filosofias deixas-me a pensar. Mas em português não tenho paciência para estar a ler Inglês.
A minha passagem de ano passou-se mas deu-me um amoque que estraguei um pouco a festa em que estava.
Sim os sentimentos bons são mais notáveis mas há sempre o sofrimento quando os primeiros desentendimentos surgem. Criamos sempre dúvidas principalmente as mulheres que são muito mais inseguras do que os homens é verdade.
Sim é melhor mesmo é seguir a intuição do coração e dos sentimentos. Comigo acontece que dou sempre muito mas depois ao receber...!
Vejo que esse coração está muito magoado, mas dou-te um conselho: Ama apenas aqueles que te amam verdadeiramente. Nunca esqueças isso e também nunca te rebaxares a ninguém.
Bem vou trabalhar, Volta, com um blog no Sapo fico há tua espera.

Dá notícias beijinhos



De Iduna a 10 de Janeiro de 2008 às 22:21
Hehe Segui o conselho e criei aqui um blog no Sapo ^^
Humm... dar muito e depois ao receber... sei o que isso é... comigo acontece-me muitas vezes isso, em muitas coisas da vida... Mas agora já não deixo que se aproveitem de mim... (Quer dizer na prática ainda não é bem assim, mas está lá quase...)
Pois amar apenas aqueles que me amam verdadeiramente... O problema é quando nem sei se alguém é capaz de me amar... A falta de amor connosco próprios gera crises de amor... Ninguém é capaz de amar ou sentir-se amado se não se amar a si mesmo. No outro dia escrevi uma coisa... O verdadeiro egoísmo está em nos esquecermos de nós próprios; não em nos esquecermos dos outros. E eu acho que esse é o verdadeiro egoísmo... E o amor é um bom exemplo. Mas também não é só isso... a maldade gera-se assim... enfim :P
Pois essa insegurança, medos... bahhhhh alteram muita coisa :S eu comigo ainda não sei controlar bem as coisas, mas já consigo perceber de onde vêm às vezes e isso já ajuda um pouco :P
Beijinhos


De FELINO a 11 de Janeiro de 2008 às 11:24
Molas que bom ter-te ao pé de nós.
Fiquei feliz porque tinha visto este nome a açuiar-se a mim mas nem reparei na foto, amigo desnaturado que sou.
Realmanete notei um grande descurso e um pouco filosofo, achei estranho mas nisto sou despassarado.
Estás boa miúda, já sei que te deu um vaipe tive quase a gritar contigo, mas depois lá me redimi. Tal e qual, assino por baixo este texto que deixas-te, por vezes só penso nos outros.

Brijinhos vou já hoje estou como o tempo choucho

Até é bom verte aqui


Comentar post

mais sobre mim
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
16
18

20
22
24
26

27
28
29
30
31


links
pesquisar
 
posts recentes

De Partida ...

A paixão e o amor

Quando alguém está apaixo...

É completamente estúpido ...

Não se ama

arquivos

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds